Desafios da liderança no mundo corporativo

desafios-da-lideranca

Ocupar uma posição de liderança dentro de uma empresa é motivo de orgulho e satisfação pessoal para muitos gestores. Os líderes têm uma função crucial na expansão sustentável e ágil dos negócios, isso é fato! Mas, junto com todo o glamour, vêm as responsabilidades e desafios da liderança.

Resolver problemas, atender demandas e bater metas podem ser grandes desafios da liderança a serem superados. No entanto, os obstáculos às vezes começam com a dificuldade em desempenhar a função porque faltam habilidades e sobram dúvidas.

No caso de muitos líderes, os desafios têm relação com o medo de assumir responsabilidades. Em outras situações, saber escolher uma equipe com as melhores competências é bastante difícil.

E existe, ainda, outro desafio bastante crítico: o líder não consegue se manter motivado e engajado. Isso acontece, pode acreditar!

Manter-se motivado faz parte dos desafios da liderança

Um dos principais – e mais importantes – desafios para qualquer líder é manter-se sempre motivado e engajado aos valores da empresa. A ideia é simples: como incentivar o potencial dos funcionários se o líder estiver desestimulado?

Imagine, por exemplo, um psicólogo tratando um paciente com fobia de viajar de avião. Porém, o próprio profissional tem o mesmo pânico! O ideal é que o psicólogo supere seus medos e só então ofereça um tratamento adequado aos seus pacientes.

O mesmo acontece com os líderes. A motivação interna é essencial para a construção de uma liderança forte e promissora. Um líder engajado e motivado pode estruturar equipes igualmente engajadas e bastante produtivas.

Prova disso é que uma pesquisa realizada pela consultoria Right Management apontou que colaboradores motivados são 50% mais produtivos.

Bem, agora que você já sabe que precisa se “automotivar”, veja quais outros desafios pode ter pela frente.

Maiores desafios dos líderes atualmente

Para ser um bom líder, é preciso motivar, engajar, criar relacionamento, dar feedback e promover melhorias contínuas e ágeis. Parece muita coisa para você? Então prepare-se porque existem mais habilidades que os líderes precisam assimilar para serem motivadores.

  • Boa comunicação: Como já dizia o saudoso Chacrinha, “quem não se comunica, se trumbica”. Saber ouvir críticas e sugestões do outro é importante para ser um bom gestor. Assim como é essencial que ele consiga passar informações corretamente e se fazer ouvir.
  • Complacência: ficar na zona de conforto e permanecer no caminho da menor resistência é uma tentação, não é? Mas essa postura em nada contribui para impulsionar o crescimento e a inovação. Pense nisso!
  • Capacidade de delegar: Você tem dificuldade em delegar tarefas e em confiar na competência dos seus colaboradores? Pois é, está na hora de repensar seus conceitos e posturas. Quem centraliza tudo cria uma cultura de microgerenciamento que sufoca a autonomia e a pró-atividade. Além disso, os líderes que não sabem delegar acabam ficando muito focados no curto prazo.
  • Falta de habilidades para solucionar problemas e negociar: Problemas fazem parte da vida e também da rotina nas empresas. Saber como resolvê-los é a chave para o sucesso! E quando o assunto é a resolução de problemas e conflitos, o poder de negociação é fundamental.

Fundamental também é descobrir a causa dos conflitos para melhorar o nível de satisfação da equipe.

Engajar equipes: como manter o alto nível de motivação?

Esse tópico merece uma atenção especial – deixamos por último porque envolve o líder e os liderados. Já parou para pensar como é complexo motivar alguém e fazê-lo enxergar algo que só você vê? Pior ainda: fazê-lo enxergar e sentir o mesmo que você sente.

Sim, talvez esse seja um dos maiores desafios da liderança. Engajar, motivar, incluir seus colaboradores em todos os processos e decisões. Aí você se pergunta: “Como posso motivar alguém sem conhecer o que ele pensa?”

Para saber, basta perguntar! Por que tantas empresas modernas utilizam as pesquisas de engajamento nos dias de hoje? Porque elas querem e precisam saber o que pensam seus funcionários. E utilizam pesquisas para conhecer mais sobre as necessidades deles.

Mas vale destacar que pesquisas chatas, longas, que acontecem uma vez ao ano e são engavetadas após alguns meses não geram resultados. Quer engajar e elevar o nível de motivação dos seus funcionários? Siga as dicas:

  • Use métodos de pesquisas ágeis, que permitam respostas anônimas para não coibir opiniões;
  • Aproveite todos os dados para mudar o cenário da empresa, criando melhorias na cultura organizacional;
  • Implemente as mudanças rapidamente. Demorar para resolver problemas e insatisfações pode custar caro!
  • Pesquisa manual é coisa do passado. Faça uso de ferramentas de pesquisa automatizadas, que tabulam os dados em segundos e geram relatórios em tempo real!

Mais Lidos

O que é turnover e por que ele acontece?

Chega dia 1º, o mês começa a todo vapor. Você, gestor, conhece bem suas metas e sabe que não será fácil atingi-las; precisará que sua equipe dê o seu melhor para chegar ao final do mês com uma vitória para comemorar. Você analisa os...

Continue lendo

Liderança Adaptativa: você está preparado para ela?

Liderança é um tema muito estudado por teóricos organizacionais e da administração. Um bom exemplo é o livro “O poder da inteligência emocional” que aborda 6 estilos diferentes de liderança. No entanto, há um estilo muito importante que todo líder precisa conhecer: a liderança adaptativa....

Continue lendo

RH Ágil: Metodologia Ágil para RH

Neste post você verá:De onde vem o RH ÁgilO Manifesto Ágil do RHO Manifesto Ágil do RH valoriza MAISO Manifesto Ágil do RH valoriza MENOSOs princípios de um RH ÁgilHumanos não são recursos De onde vem o RH Ágil O conceito ágil surgiu no...

Continue lendo