Desenvolvimento de líderes: uma solução para escalar sua startup

Desenvolvimento de Líderes Escalar Startup

Bons profissionais não necessariamente são bons líderes. Confundir desenvolvimento de líderes com desenvolvimento de profissionais pode comprometer o rendimento da sua startup. Para isso há uma latente necessidade de aprimorar ou mesmo capacitar seus gestores com um programa de desenvolvimento de líderes.

A mentoria pode trabalhar habilidades como potencial de engajamento e motivação de líderes. Esse tipo de habilidade permite a identificação de talentos no seu time com padrões éticos que funcionam como exemplo para os demais. Esses são alguns dos desafios que exercer liderança acarretam mesmo em startups com modelo de gestão horizontal.

Até porque a horizontalidade é sinônimo de redução de gestores, mas jamais de líderes. É necessário delegar e respeitar autonomias, algo que passa pela função da liderança.

Quer entender melhor esse cenário? Aqui estão algumas oportunidades de reflexão e melhoria.

Como identificar líderes despreparados na empresa?

Quando uma empresa sofre com problemas de liderança, as consequências se estendem por toda sua estrutura hierárquica e impactam nos seus resultados.

Alguns dos indicadores que podem mostrar que o problema está na liderança são:

  • Equipe desmotivada e alto índice de turnover;
  • Baixa produtividade;
  • Funcionários sobrecarregados;
  • Desentendimentos e problemas frequentes de comunicação;
  • Ausência de accountability;
  • Favoritismos que atrapalham a política de cultura corporativa.

A partir desses sinais, podemos traçar algumas estratégias para solucionar os problemas. Resolver, por exemplo, vácuos no exercício da liderança dentro das empresas. E esses problemas precisam ser solucionados com rapidez, antes de virarem uma bola de neve e gerar prejuízos maiores.

Conteúdo bônus:
Calculadora – Teste o seu nível de liderança

A importância de desenvolver líderes numa startup

Identificar os problemas de liderança é o primeiro passo. A solução pode começar pela implantação de processos de feedback claros, concisos e constantes. Isso permite aos gestores alinharem-se com o que a empresa espera deles. E também podem saber com clareza o que estão fazendo de bem e o que podem melhorar.

Esse diálogo constante e transparente melhora também o clima do ambiente de trabalho. Estreita as relações entre as pessoas e aumenta especialmente a confiança entre líderes e liderados.

Uma das maneiras mais eficientes de melhorar o desempenho dos líderes em uma empresa é oferecendo treinamento de liderança.

Se você consegue inserir planos estruturados que atendam demandas tanto dos líderes quanto dos liderados ao mesmo tempo, melhor ainda. Esses treinamentos podem ser feitos pela própria equipe da empresa ou por consultorias especializadas. O importante é que o conteúdo dos treinamentos vão de encontro com a necessidade de desenvolvimento de líderes.

Também há a possibilidade de realizar mentoria, em aspectos mais técnicos da função de liderança no cotidiano; coaching para desenvolver comportamentos de liderança e incentivar o aparecimento de características fundamentais de um bom líder.

Quando arquitetados em conjunto, coaching e mentoria podem transformar a carreira de uma pessoa, a maneira como ela lidera e os resultados que sua equipe alcança.

O impacto de uma liderança ruim

É papel de um líder manter a equipe empolgada e garantir a estabilidade de pessoal. Segundo uma pesquisa da Blanchard Company, 32% da evasão pode ser evitada por meio de melhores habilidades de liderança.

Uma alta rotatividade representa prejuízos enormes para uma organização. Pior ainda para uma startup, que perde muito com a mudança de pessoal.

Equipes em constante dificuldade de bater metas também são indicativo uma grande falha da liderança. Seja por conta do planejamento das metas, ou planejamento de incentivos para que elas sejam alcançadas. Manter uma equipe eficiente e produtiva é fundamental para que as pessoas se sintam mais engajadas com suas atividades, entreguem melhores resultados e para que a organização possa maximizar suas conquistas.

Um estudo da Rosen and Brown, 50% da baixa produtividade dos funcionários vem da falta de habilidades de liderança dos gestores. Essas competências podem ser melhor desenvolvidas e saber identificar essa liderança ruim pode ser o diferencial para a sua empresa.

O que não fazer como líder em startup

Não é raro encontrar no ambiente de trabalho — startups e empresas inovadoras incluídas — alguém que atribua a culpa de fracassos à equipe de maneira inversamente proporcional ao reconhecimento de méritos pelas conquistas.

Encontrar e desenvolver talentos também passa pela capacidade de valorizá-los. Portanto se o líder não consegue assumir sua responsabilidade sobre o que dá errado, isso dificulta ainda mais a retenção de talentos.


Quando as pessoas estão constantemente sobrecarregadas e sem tempo para fazer suas atividades apropriadamente, esse pode ser um indício de que a liderança está falhando em um ponto muito importante: delegar tarefas. Essa questão de microgerenciamento também pode envolver líderes que se envolvem em processos operacionais e resolvem coisas que deveriam ter sido delegadas ao restante da equipe.

Líderes que sufocam a equipe com controle demais comprometem o desempenho de todos, o que é comum em uma liderança despreparada. Isso afetará a eficácia do trabalho e a produtividade dos colaboradores de todo o time.

Por que investir em um programa de desenvolvimento de líderes?

Uma das habilidades mais desejadas em um bom líder é a sua alta inteligência emocional e capacidade para contornar conflitos de forma racional, sabendo se comunicar sem se inserir como parte nos embates. Ruídos de comunicação, em especial quando falta zelo no feedback, também podem resultar em retrabalhos desnecessários, frustrando equipe e cliente.  

Se seus líderes não estão performando da maneira esperada e os problemas são escalados de maneira não satisfatória, não deixe de observar os alertas.  E já comece a pensar em boas soluções. O prejuízo causada por uma liderança pouco preparada pode ser muito maior do que financeiro, impactando também a cultura e o futuro da sua startup. Identificar essas lacunas e encontrar objetivos em comum ajudam muito no crescimento da sua organização – liderança é um tema importante em todas as fases da startup e não pode ser deixado de lado!

Bons líderes tratam todos de sua equipe da mesma maneira, reconhecendo quando alguém acerta ou tem uma atitude positiva. Se você está observando que alguns processos e competências podem ser melhorados em sua empresa, seja honesto consigo mesmo e incentive esses processos de melhoria.

Muitas empresas e profissionais já alcançaram ótimos resultados partindo para essa frente de aprendizado e mentoria. A sua startup pode estar precisando de apoio externo e ele pode estar mais perto do que você imagina!


*Lígia Braga é Head de Marketing da Penser Desenvolvimento Estratégico – especializada em liderança e carreira para startups, tech e empresas inovadoras – e sempre procura nova maneiras de usar conteúdo para gerar conhecimento e compartilhar boas ideias.

Mais Lidos

O que é turnover e por que ele acontece?

Chega dia 1º, o mês começa a todo vapor. Você, gestor, conhece bem suas metas e sabe que não será fácil atingi-las; precisará que sua equipe dê o seu melhor para chegar ao final do mês com uma vitória para comemorar. Você analisa os...

Continue lendo

Liderança Adaptativa: você está preparado para ela?

Liderança é um tema muito estudado por teóricos organizacionais e da administração. Um bom exemplo é o livro “O poder da inteligência emocional” que aborda 6 estilos diferentes de liderança. No entanto, há um estilo muito importante que todo líder precisa conhecer: a liderança adaptativa....

Continue lendo

RH Ágil: Metodologia Ágil para RH

Neste post você verá:De onde vem o RH ÁgilO Manifesto Ágil do RHO Manifesto Ágil do RH valoriza MAISO Manifesto Ágil do RH valoriza MENOSOs princípios de um RH ÁgilHumanos não são recursos De onde vem o RH Ágil O conceito ágil surgiu no...

Continue lendo